mobilidade nos processos da empresa mobilidade nos processos da empresa

6 dicas de mobilidade nos processos da empresa

6 minutos para ler

Diante da evolução tecnológica no mercado, as empresas veem a necessidade de se adaptarem às novas tendências para manter a competitividade. Isso abrange a mobilidade de todos os processos para melhorar a produtividade e a flexibilidade de execução. Afinal, sem mobilidade as empresas estão fadadas a ficarem para trás.

Os ciclos tecnológicos têm sido mais velozes e efetivos. Vários pacotes de gerenciamento de processos de negócios e aplicativos abrangentes foram desenvolvidos para facilitar as operações corporativas e isso, por sua vez, revolucionou o funcionamento das empresas, economizando tempo, dinheiro e esforço.

Pensando nisso, abordaremos, neste artigo, os benefícios da mobilidade nos processos da empresa e dicas para otimizar os processos dela. Confira!

Mobilidade de processos nas empresas

Atualmente, a mobilidade trata do valor agregado para a organização. Anos atrás, os alicerces da mobilidade nos processos das empresas eram os e-mails sendo recebidos nos celulares e a possibilidade de trocas de mensagens, por exemplo. A aceleração do fluxo de informações nas empresas graças às plataformas móveis estão mais aprimoradas e, com o seu desenvolvimento, os aplicativos usados pelas corporações estão sendo expandidos. Os principais benefícios obtidos por meio da maior mobilidade nos processos da empresa são:

A maioria das empresas possui sistemas que incluem soluções integradas de fornecedores e vários módulos e complementos que eles fabricam. Os fabricantes, muitas vezes, não ofereciam soluções móveis prontas para uso ou suporte adequado nessa área, motivo pelo qual os clientes foram influenciados a desenvolver aplicativos para smartphones ou tablets com recursos próprios.

Logo, adotar a mobilidade é de grande importância para tornar a empresa mais competitiva no mercado, pois cada vez mais organizações criarão seus próprios aplicativos e arquitetura móvel. A TI nas empresas será multiplataforma, enquanto as aplicações serão projetadas para dispositivos móveis e somente então adaptadas para operar em Desktops tradicionais. Portanto, veja 6 dicas para implementar a mobilidade corporativa.

1. Faça uma análise das demandas de mobilidade da empresa

Na análise de demandas, as barreiras técnicas, os processos de negócios complicados e as deficiências organizacionais nos processos são identificados. Além disso, pode haver diferentes culturas em departamentos individuais que levam à fragmentação dentro da empresa — é importante identificar as demandas detalhadamente e priorizar as soluções.

Se, por exemplo, não houver recursos para o desenvolvimento de aplicativos móveis na empresa, é aconselhável envolver os provedores de serviços de TI com o conhecimento necessário. Além disso, o valor comercial quantitativo ou qualitativo dos aplicativos móveis deve ser identificado e o alcance das metas deve ser revisado durante todo o ciclo de vida.

2. Defina os objetivos da empresa

Definir os objetivos da empresa é fundamental para se saber onde quer chegar. No caso do uso da mobilidade corporativa, é preciso avaliar todos os fatores que possam contribuir ou dificultar as metas pretendidas. Por exemplo, quais setores serão os primeiros a serem reestruturados e em quanto tempo se espera ter resultados, bem como quais medidas serão tomadas para o alcance deles.

Isso permite que haja um panorama de possibilidades e de quais parâmetros devem ser tomados para que os impactos sejam positivos. Os objetivos traçados facilitam compreender quais os melhores métodos que podem ser adotados pela organização para que haja uma continuidade e uma expansão contínua.

3. Adote gestão de mobilidade

As soluções de mobilidade nos processos da empresa são aplicativos de produtividade móvel projetados para os negócios. Isso envolve e-mail, navegador da web seguro, várias ferramentas para edição de documentos, bem como acesso remoto a recursos corporativos, como aplicativos, Desktops e arquivos.

Ao usar esses aplicativos, os usuários móveis podem desfrutar do mesmo nível de produtividade e segurança que no escritório. Porém, para alcançar sucesso é preciso adotar a gestão de toda a estrutura de mobilidade adotada, para que haja o controle de todos os processos relacionados, bem como a garantia de segurança e efetividade em toda interação na cadeia de negócio.

4. Planeje estratégias de mobilidade

Adote estratégias de mobilidade nos processos da empresa que considerem tanto agilidade quanto estabilidade. O desenvolvimento rápido é adequado para projetos que precisam fornecer resultados em ciclos de desenvolvimento e implementação curtos e contínuos. O departamento de TI deve se concentrar no estabelecimento e manutenção de infraestrutura e proteção.

Outro ponto estratégico fundamental para a mobilidade são às interfaces que permitam que os aplicativos móveis recuperem dados com segurança. Assim, é possível obter uma continuidade nos negócios, por meio de estratégias centradas na capacidade e mudanças advindas das tecnologias móveis.

5. Engaje e informe seus colaboradores

Um papel importante é desempenhado pelas inovações móveis e as mudanças frequentemente associadas à cultura corporativa. Isso significa que é preciso engajar toda a equipe com as soluções implantadas no empreendimento — palestras e treinamentos são primordiais para esclarecer dúvidas e familiarizar os profissionais envolvidos.

A comunicação interna se beneficia disso pelo dinamismo e otimização do fluxo de dados e informações estratégicos para a organização. Mantenha o time sempre informado dos procedimentos e tecnologias adotadas para o constante aprimoramento, quanto mais eles se sentirem parte operante da mobilidade dos processos da empresa, melhor.

6. Adapte os dispositivos que serão utilizados

Faça um balanço para ver o quão difundido é o uso de soluções móveis nos negócios. Às vezes, projetos individuais já existem com soluções móveis nos departamentos. Ao planejar um novo projeto de aplicativo para dispositivos móveis, primeiro identifique os negócios e comece com os projetos com potencial de sucesso rápido.

Isso pode promover a disseminação e a adoção pelos usuários e gerar rapidamente um ROI (Retorno Sobre Investimento) positivo. O foco está na mobilização dos processos de negócios existentes e não na inovação móvel em si. Ou seja, adequar a estrutura móvel e os dispositivos já existentes em torno de uma otimização efetiva.

Assim, fica claro que a mobilidade dos processos da empresa proporciona diversas vantagens que colocam a organização à frente no mercado. Trazendo maior confiança, engajamento, produtividade, economia, segurança e velocidade no fluxo de informações. Por isso, não deixe para depois, avalie as necessidades do seu negócio e busque consultoria especializada para ajudar nessa tarefa.

E então, gostou? Agora que você sabe como obter mobilidade nos processos da empresa, assine nossa newsletter e fique por dentro de muito mais conteúdos feitos exatamente para você!

6 dicas de mobilidade nos processos da empresa
Avalie este post
Posts relacionados

Deixe uma resposta